NAVEGAR É PRECISO? SENTIDOS PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO DA DANÇA | EVC | 5 DEZ

CONFERÊNCIA ENCONTROS PARA O FUTURO III 


5 dezembro 2020 
Estúdios Victor Córdon

No início de 2020, parecia-nos que era chegado o momento de discutir o status quo das políticas, processos e práticas de internacionalização das artes performativas. Tínhamos muitas perguntas sem resposta: o que significa, hoje, trabalhar internacionalmente na dança ou no teatro? Que políticas e estratégias são relevantes num contexto de emergência de práticas artísticas transnacionais e pós-nacionais? Como pensar o mapa-mundi de um projecto artístico sem sucumbir à fórmula instrumental? Será que a emergência climática justifica uma reavaliação da colaboração artística internacional? Como olhamos para a mobilidade dos artistas e profissionais da cultura: como um direito ou um privilégio ocidental? Que papel têm as redes de programação e os festivais num mundo persistentemente desigual? Guiava-nos um certo sentido de urgência; queríamos saber o que podiam fazer artistas, produtores, programadores, instituições e responsáveis políticos para construir práticas mais justas e mais sustentáveis.

A pandemia adiou estas conversas mas, num ápice, tornou tudoisto ainda mais essencial. Cancelados, confinados, e sobretudo ameaçados face aos efeitos de uma disrupção sem precedentes, começamos lenta e assimetricamente a pensar no futuro, em projectos e ligações que esperamos retomar. Como vamos fazê-lo?

Num formato adaptado às contingências atuais, propomos juntar-nos numa reflexão conjunta online, para um dia intenso de trabalho coletivo.

Vânia Rodrigues
outubro 2020


 


Vânia Rodrigues 
Curadora da conferência

Convidados
Conceição Amaral, Sofia Campos, Graça Fonseca, Ben TwistLiliana CoutinhoJoris Janssens, Cristina FarinhaAmérico RodriguesAntónio Caldeira PiresMário CarneiroCarla Nobre Sousa, Cristina Planas Leitão, Elisabete PaivaJoão dos Santos MartinsPia KraemerRui Torrinha, Maria João Garcia, Luís Sá Nogueira.

Parceiros